Buscar
  • Yes Edu

Você sabe o que é o silêncio virtual? Saiba como evitá-lo



Com a crescente presença de alunos em ambientes virtuais de aprendizagens, novos tipos de comportamento são apresentados pelos estudantes nessa modalidade. Há vários tipos de comportamento, como o aluno que deixa a câmera ligada para deixar claro que está prestando atenção ou o aluno que deixa o microfone desligado e só fala quando necessário.


Mas um tipo específico de aluno, vem causando desconforto e preocupação nos administradores que prezam pela eficiência do ensino na turma. Os alunos que praticam o silêncio virtual.


O que é silêncio virtual?


Segundo um artigo do Portal da Educação, o silêncio virtual significa aquele que não escreve, que “se cala na escrita”. No entanto, é um aprendiz potencialmente leitor, seu acesso não é nulo, é até frequente às vezes. Ele existe e está presente, mas não toma parte ativa nos ambientes virtuais de aprendizagem.


Mas antes de falarmos sobre o que leva um aluno ao silêncio virtual, é importante identificarmos quem é o “estudante online típico”. Segundo Gilbert (2001), “o aluno online ‘típico’ é geralmente descrito como alguém que tem mais de 25 anos, está empregado, preocupado com o bem-estar da comunidade, com alguma educação superior em andamento, podendo ser tanto do sexo masculino quanto do feminino.”


Ou seja, com base nos dados, os alunos em AVA’s são geralmente adultos, que escolheram esse modo de aprendizagem por poderem estudar em qualquer lugar e a qualquer hora, e podem continuar trabalhando em turno integral. Além disso, eles também podem dar atenção à família graças aos horários que são flexíveis.


Por isso, o tutor das aulas EAD tem um papel fundamental para a eficácia do ensino nesses alunos. Os estudantes precisam sentir uma certa receptividade do tutor, para que ele se sinta confortável e livre para comentar o que pensa sobre a aula. Por isso, é muito importante que o professor ofereça feedbacks constantes, cumpra os prazos nos fóruns tira-dúvidas, oriente e acompanhe o aluno durante toda a caminhada do curso. Dessa forma, o aluno sentirá prazer em interagir na proposta pedagógica, e participando do clima motivacional a aprendizagem.


Como evitar o silêncio virtual


Até pela explicação acima, é importante deixarmos claro que nem sempre o silêncio virtual é causado pela falta de interesse pelo conteúdo ou tema da aula. Pode ser pela falta de receptividade e conforto dos alunos, pela falta de acompanhamento dos professores ou pela falta de conhecimento dos alunos de utilizarem a plataforma.


Por isso, é importante o uso de ferramenta e plugins de relatórios que ajudem os administradores e professores a entender o momento e o motivo pelo qual os alunos estão praticando o silêncio virtual. E uma das melhores ferramentas que podem ser usadas, é a IntelliBoard.


A IntelliBoard é compatível com praticamente todos os sistemas LMS, oferece serviços analíticos completos, e ajuda as instituições a se capacitar e oferecer um sistema de aprendizado melhor, mais eficaz e envolvente, graças aos dados que são recebidos.


Para evitar o silêncio virtual, a IntelliBoard consegue identificar caso algum aluno não esteja participando das aulas, se ele fica com a tela aberta somente na plataforma LMS, o quão rápido ele consegue concluir as atividades (logo, se ele realmente está aprendendo o conteúdo) etc.


Por isso, para não ter silêncio virtual na sua instituição, entre em contato com a Yes Edu, parceira oficial da IntelliBoard no Brasil, e peça já a sua demonstração grátis.


Para ver mais dicas sobre o universo da educação online, confira o nosso blog.


8 visualizações0 comentário