Buscar
  • Yes Edu

Você conhece as especificações do MEC para Ambientes Virtuais de Aprendizagem?



O número de polos de cursos em EAD aumenta a cada ano, graças a diversos fatores. As universidades já perceberam que oferecer um curso em um Ambiente Virtual de Aprendizagem tem um ótimo custo-benefício, pois além de ser mais econômico que aulas presenciais, também quebram diversos tipos de limites, como por exemplo o número de alunos por turma.


Porém, é importante que as instituições saibam como fazer com que suas aulas online tenham a mesma qualidade de suas aulas presenciais. E é pensando nisso, que o Ministério da Educação (MEC) criou especificações para as universidades criarem e oferecerem cursos EAD na graduação e pós-graduação.


Em 2017 o MEC atualizou a regulamentação de EAD para ampliar a oferta de cursos no país, o que vai de encontro com a Meta 12 do Plano Nacional de Educação (PNE), que determina a elevação da taxa bruta de matrícula na educação superior para 50% e a taxa líquida em 33% da população de 18 a 24 anos.


A atualização da regulamentação, possibilitou o credenciamento de IES (Instituições de Ensino Superior) para cursos de educação a distância sem o credenciamento para cursos presenciais. Com isso, as instituições puderam oferecer exclusivamente cursos EAD, na graduação e na pós-graduação lato sensu, ou atuar também na modalidade presencial.


Entre as regras que essa atualização trouxe, estão:

  • As atividades presenciais, como tutorias, avaliações, estágios, práticas profissionais e de laboratório e defesa de trabalhos, devem ser realizadas na sede da IES ou nos polos EAD.

  • A avaliação in loco deve contar com a participação de especialistas em educação a distância, e com a utilização de instrumentos de avaliação adequados, de maneira que os cursos sejam acompanhados pelo MEC, com fins de garantir os parâmetros de qualidade e pleno atendimento dos estudantes;

  • A organização e o desenvolvimento de cursos superiores a distância devem observar as Diretrizes Curriculares Nacionais expedidas pelo Conselho Nacional de Educação - CNE e a legislação em vigor.


Além das regras que o MEC impõe, é importante que as Instituições de Ensino Superior também zelem pela qualidade do seu curso EAD. Hoje o mercado está dominado pela modalidade, principalmente por conta da pandemia de Covid-19 em 2020, que obrigou todas as instituições a migrarem de plataforma. Quem saiu na frente no mercado, foi quem já tinha os cursos EAD estruturados. Você pode verificar todas as regras de regularização de ensino a distância do MEC, clicando aqui.


E para estruturar a sua plataforma de e-learning, você precisa usar as melhores ferramentas, como a IntelliBoard. Com mais de 130 modelos de relatórios, painéis personalizáveis, notificações condicionais, dashboards para alunos, professores e administrador. A IntelliBoard é um plugin local que se adapta ao seu LMS (Learning Management System) criando relatórios de monitoramento a partir da leitura de dados. Informações de qualidade farm toda a diferença na tomada de decisões na gestão educacional. A IntelliBoard oferece todas as peças necessárias para que a sua universidade possa atingir o máximo de desempenho com os alunos.


E vale lembrar que a Yes Edu é parceira oficial da IntelliBoard no Brasil. Por isso, entre em contato com a gente, e solicite já a sua demonstração grátis.

E para ver mais dicas sobre como a educação online pode melhorar na sua instituição, fique ligado no nosso blog.


14 visualizações0 comentário